Destaque:
Destaque:

Radialista: Confira 5 dicas para ter sucesso na carreira

3 de outubro de 2017.

Há quem pense que para ser um radialista de prestígio basta ter uma voz marcante e tudo certo. Claro que essa característica ajuda e muito, mas se engana quem pensa que isso basta. A verdade é que essa categoria exerce grande fascínio de muitos, mas além de experiência é preciso estudar o segmento.

Mas o que realmente faz esse comunicador? É um profissional especializado em meios de comunicação, como o rádio e a televisão. Entre suas principais funções podemos citar direção, roteiro, projetos e criação. Mas a locução continua sendo a mais comum. O radialista pode atuar  na indústria da cultura (em rádios e emissoras de tv), no universo institucional e no terceiro setor, assim como, na área de audiovisual digital, pesquisa científica e docência.

Para os que já atuam na profissão dentro das rádios vale verificar se essas que você presta serviços têm como uma das ferramentas um Mídia Kit completo que atraia mais clientes para patrocinar a grade de comerciais. Mas um dos primeiros caminhos para que locutores e gestores dessas rádios tenham sucesso absoluto em suas programações é ter uma ótima seleção musical, muita informação local e promoções. Outro passo é saber se essa emissora tem como parceira a empresa número um em monitoramento fonográficos do Brasil, a Connectmix, capaz de exercer esse trabalho em mais de sete mil emissoras brasileiras, oferecendo às rádios parceiras a possibilidade de acompanhar ranking musical, conectividade, veiculações publicitárias dos clientes, e muito mais. Sabe o que é melhor? Tudo de forma gratuita!

Mas se você está lendo essa matéria e está pensando em se tornar um radialista, vale continuar a leitura e aprender algumas dicas importantes, até porque o rádio, sendo um dos meios de comunicação mais complexos e participativos – há exatos 95 anos – precisa de profissionais capacitados para exercer a função e manter a credibilidade desse velho amigo de nosso dia a dia.

Conhecendo o equipamento

É de suma importância que antes de iniciar seus trabalhos em qualquer emissora você tenha conhecimentos sobe os equipamentos que irá manusear diariamente para evitar qualquer tipo de intervenção durante a programação que possa prejudicar ouvintes e anunciantes. A falta de informações precisas ou pior que isso, a falha constante podem levar uma emissora a perder credibilidade e até deixar de existir. Conheça o sistema emissoras da Connectmix que mostra, em tempo real, possíveis falhas de spots comerciais e perda de conectividade.

Verifique a programação diária

Antes de buscar emprego procure saber sobre os assuntos abordados nas rádios que pretende enviar currículo, qual o seu público-alvo, como é a programação musical. Radialista tem que estar sempre atualizado dos principais lançamentos e também do que é sucesso, sabe porquê? Simplesmente porque 94% dos ouvintes de rádio sintonizam em uma emissora para curtir uma boa música. Claro que muitas vezes não podemos escolher trabalho, mas nada melhor do que juntar o útil ao agradável e fazer de seu ambiente de trabalho um lugar legal para passar horas de seu dia. E vamos combinar, quem não ama deixar outras pessoas mais alegres?

 Preparando o expediente

Claro que para muitas pessoas o improviso é sinônimo de talento, e em determinados momentos isso será indispensável no decorrer das programações. Mas não faça disso a sua rotina. Procure criar um roteiro diário tanto da sequencia musical quanto das noticias, variedades e spots veiculados durante a a programação. Só assim não cometerá erros irreparáveis comprometendo a sua carreira e, mais do que isso, comprometendo a credibilidade do veículo para o qual você trabalha.

Tempo de entrevistas

Não deixe que sua programação torne-se massiva com entrevistas longas. Seja você o condutor da entrevista e não deixe o entrevistado dominar o microfone, até porque em um curto espaço de tempo é preciso informar o nome e função do entrevistado para aqueles que acabaram de ligar o rádio se situarem no assunto abordado.

Aos radialistas freelancer

Todos aqueles profissionais que trabalham de “freela” precisam de alguns cuidados para evitar possíveis erros. Muitos autônomos que oferecem vendas casadas precisam antecipar as prioridades de seus clientes. Mostre que se você ofereceu esse serviço é porque compreende exatamente suas necessidades e está lá cumprir da melhor forma possível.

Agora que algumas questões foram passadas e sua carreira está prestes a deslanchar, invista em seu sonho e não seja mais um e sim o melhor radialista. Converse com o gestor de sua emissora e conte com o apoio da Connectmix para auxiliar em questões burocráticas.

Fontes

WikHow

Veja mais notícias relacionadas:
Rádio: muito além do entretenimento e informação ...
20 de março de 2020.

Muito além de levar o entretenimento de uma boa música ou de fornecer informações de qualidade e com rapidez, o rádio é um poderoso meio de participação popular. Por meio […]

Rádio: Mídia obsoleta ou um impactante motor de vendas? ...
18 de março de 2020.

Provavelmente você já deve ter presenciado alguma discussão relacionada à obsolescência de algumas mídias ou tecnologias, não é mesmo? Há quem diga, por exemplo, que a rádio já se tornou […]

Monitoramento musical: guia para entender nossos serviços ...
20 de fevereiro de 2020.

A ConnectMix é a plataforma responsável pelo monitoramento das músicas mais tocadas nas rádios de todo o Brasil, gerando assim o ranking disponível em tempo real para acesso via PCs […]

Dia Mundial do Rádio defende a diversidade em 2020 ...
13 de fevereiro de 2020.

Em 13 de fevereiro, é comemorado o Dia Mundial do Rádio. A data, celebrada anualmente desde 2012, proclamada em Assembleia Geral das Nações Unidas em 2011, visa homenagear o rádio […]

Anunciar no rádio gera aumento médio de 17% no tráfego de portais e ...
22 de janeiro de 2020.

Os dados apresentados pela LeadsRX em novembro do ano passado comprova, mais uma vez, a importância dos investimentos no rádio para aumentar as vendas e reforçar a marca. Segundo a […]

Compliance: obrigatoriedade nas licitações públicas ...
13 de janeiro de 2020.

Quem administra verba pública, de uns anos para cá, viu este conceito se tornar popular, especialmente após os inúmeros casos de corrupção que chocaram o país e levaram para a […]