Destaque:
Destaque:

Comprovando a publicidade em projetos culturais

1 de dezembro de 2017.

Quando o assunto é publicidade, em projetos culturais quem trabalha com isso sabe bem o problema em obter todos os relatórios, notas, spots de comprovação, entre tantas outras solicitações que os órgãos públicos solicitam para quem tem projetos incentivados por verba pública, bem como, para provar o retorno publicitário aos patrocinadores que investem em suas ideias.

Grande parte dos produtores culturais do país não tem a simples tarefa de produzir um espetáculo, tem sim, responsabilidade de planejar, elaborar e executar projetos e produtos de valor cultural, seguindo critérios artísticos, sociais e econômicos. Ele cria e organiza espetáculos de teatro, dança e música, além de produções televisivas, festivais, mostras e eventos culturais e também faz todos os tramites de confecção do projeto e captação de recursos.

Para que tudo saia do papel e chegue aos olhos do público, há uma longa caminhada e cuidados a serem tomados. Os idealizadores devem ter em mãos um projeto descrevendo objetivos e ações, bem como, orçamentos, justificativas e comprovações que demandam infindáveis horas de trabalho.  É tarefa do produtor realizar toda pesquisa de mercado para a idealização desse projeto. Após estar tudo no papel, é preciso paciência e persistência para enfrentar a longa jornada em busca da aprovação. Concluída mais esta etapa, aí sim é partir para a captação dos recursos.

Para concorrer aos diversos mecanismos de apoio e de financiamento à produção cultural no Brasil há um formato exigido pelas diversas legislações de incentivo. Pequeno, médio ou o mais reconhecido produtor cultural do país, precisa seguir e vencer diversas etapas seja na aprovação, na execução ou na prestação de contas e, contar com o suporte de profissionais e  ferramentas adequadas para potencializar resultados torna-se fundamental.

 

QUERO CONHECER O SISTEMA

 

Conforme Claudio Machado Gestor Cultural, Idealizador de Cultura e Valor, palestrante e consultor, seu projeto precisa convencer a Lei de Incentivo e o patrocinador. Portanto, agora cabe a você que tem um projeto em mãos emplacar o mesmo culturalmente através de algumas regras fundamentais passadas por Machado:

Seu projeto deve transmitir segurança:

Ninguém investe em algo que não trasmite confiança. Todos querem ter a certeza que sua marca será bem promovida. No momento de contratar fornecedores ou vincular uma marca, os empresários darão sempre preferência a quem lhe transmitir segurança, dessa forma, seu projeto terá que ser o melhor para vencer esta etapa. Demonstre coerência, segurança e experiência e, principalmente, cumpra com o que prometer. Mais do que um projeto, um produtor cultural terá inúmeros projetos ao longo de sua carreira e ter parceiros fixo será fundamental.

Seu projeto precisa ser realista:

Sua arte deve transcender, mas sua proposta tem que ter os pés no chão com orçamento bem direcionado, com preços realistas, metas alcançáveis. Esse projeto tem que ser bom para você que investe tempo e dinheiro para realiza-lo; para a sociedade, pois ele é realizado via programas de incentivos e devem ser pensados justamente para beneficiar a um maior número de pessoas; e ao patrocinador que investe seus recursos nas suas ideias, vinculando sua marca a uma ideia que precisa ter um resultado positivo.

Planeje a satisfação do patrocinador:

Normalmente um patrocinador de projeto cultural nunca recebe um relatório de comprovação de veiculação, isso é apenas entregue aos órgãos competentes. Surpreenda, forneça para ele relatórios diários, por período e mostre o quanto você se preocupa em entregar resultados e deixar a marca do patrocinador em evidência na publicidade do projeto.

– O Gestor Cultural Claudio Machado frisa que não se ganha dinheiro no primeiro patrocínio e sim na sua continuidade, pois se você deixou o patrocinador satisfeito no primeiro projeto, com certeza, esse terá a confiança de investir uma quantidade bem maior em novas parcerias. Menos tempo e dinheiro investidos em cada empresa que fica satisfeita e confirma novos apoios a seus projetos. Saiba um pouco mais sobre A publicidade: artes, cultura e economia criativa através da matéria publicada anteriormente sobre O impacto da publicidade na economia do Brasil.

Lei Rouanet:

Criada em 23 de dezembro de 1991 pelo Ministro da Cultura, Sérgio Paulo Rouanet, a Lei Federal de Incentivo à Cultura foi sancionada pelo presidente da época Fernando Collor de Mello. Qualquer projeto artístico precisa de investimentos para ter sucesso e ser reconhecido nacionalmente. A Lei é uma forma de estimular o apoio e a iniciativa privada ao setor cultural. O governo abre mão de parte dos impostos de pessoas físicas e jurídicas para que os mesmos sejam investidos em projetos culturais.

Como comprovar publicidade em projetos incentivados?

Pois bem, agora que seus projetos foram aprovados e a publicidade está sendo realizada em emissoras de rádio e TV, é preciso que ocorra um monitoramento da mesma para que seu trabalho não tenha sido em vão, ou você tenha que devolver o valor investido por falta de comprovação. Para auxiliar neste trabalho, o mercado brasileiro conta com os serviços da Connectmix. Na tela do PC, no smartphone ou tablet, você pode acompanhar, em tempo real, se a publicidade de seu evento está veiculada conforme o contratado. Ao encerrar o projeto, basta alguns cliques e pronto, tudo pode ser impresso e incluído na prestação de contas do projeto. Sem dor de cabeça na hora de comprovar seus investimentos publicitários.

Quer saber como funciona? Basta entrar em contato e destinar o seu tempo a criar novos projetos e proporcionar mais momentos de entretenimento, lazer e cultura para a população.

QUER RECEBER MAIS DICAS? ASSINE A NOSSA NEWS

Veja mais notícias relacionadas:
5 motivos para investir em Monitoramento Publicitário ...
13 de setembro de 2018.

A tecnologia é uma grande aliada dos gestores na hora de tomar decisões importantes. E além disso ter um melhor controle tanto do trabalho da equipe, quanto dos resultados alcançados […]

5 coisas que todo o cliente espera de uma agência de publicidade ...
10 de setembro de 2018.

Para manter um cliente, as agências de publicidade devem, além de produzir campanhas super criativas, estar atentas a outros fatores fundamentais para proporcionar uma maior satisfação do cliente. E consequentemente, […]

Cresce investimento publicitário no meio Rádio ...
4 de setembro de 2018.

Foram divulgados recentemente pelo Conselho Executivo das Normas Padrão (Cenp), novo indicador do mercado publicitário, os investimentos em compra de mídia no Brasil divididos por segmento. Os dados foram analisados […]

Toda campanha exige checking de mídia? ...
21 de agosto de 2018.

O checking tem como função verificar se os anúncios foram veiculados, e quando já foram, se estavam de acordo com o que foi pedido pelo contratante, seja através de uma […]

As músicas mais tocadas nas rádios do Brasil de 12 a 18 de agosto ...
20 de agosto de 2018.

As Músicas mais tocadas. No Ranking Semanal divulgado pela Connectmix nesta segunda-feira (20/08), tem novidades novamente no Top3. Eduardo Costa continua na liderança com “Olha Ela Aí”, mas Zé Neto & Cristiano […]

5 benefícios da tecnologia na gestão de campanhas publicitárias ...
14 de agosto de 2018.

O que antigamente demorava tempo, era feito de forma manual, demandava o envolvimento de muitas pessoas e utilizava um elevado número de papéis, hoje é feito de forma rápida, on-line, […]