Destaque:
Destaque:

Effecti Experience movimenta a capital catarinense

30 de agosto de 2019.

ECompreenda o poder da tecnologia em transformar e simplificar o mundo com ética e transparência

Encerra hoje, em Florianópolis, no Costão do Santinho, o Effecti Experience, um evento de imersão o mundo das licitações. Dois dias com os melhores especialistas para falar tudo sobre o cenário atual e o futuro das compras públicas. Uma imersão e conhecimento para aumentar o sucesso das empresas na hora de vender para o governo.

Entre os nomes que passaram pelo palco do evento no primeiro dia estão Fabricio Lira – Data and AI Director – IBM, Rodrigo Paiva – Diretor da AGU e Jorge Eduardo Tasca – Secretário de Estado da Administração.

As atividades começam com a palestra do Diretor da CGU, Marcelo Pontes Vianna. Ele fala sobre  “Os impactos da lei anticorrupção na cultura corporativa de compliance”. O especialista fala que o compliance é fundamental, mas sua formalização apenas não resolve a corrupção, a verdadeira mudança decorre da cultura organizacional. 

Ele explica ainda que não existe uma solução simples. Para mostrar na prática ele faz uma pergunta aos participantes: Quantos de vocês aqui se acham pessoas éticas? A maioria levantou a mão. Na sequência ele lançou a pergunta: Vocês acham que os brasileiros são éticos? Poucos levantaram a mão. Com base nas respostas ele ilustrou cases de pesquisas que mostraram que 70% dos entrevistados erram corrupto. Neste comparativo ele mostra que os que roubaram muito davam um custo muito menor do que o montante de pessoas que roubavam “só um pouquinho”.

“Todos em algum momento podem incorrer em algum tipo de fraude, muitos até achando que não estão fazendo isso,  por isso é importante acompanhar tudo e ter normas de compliance, pois se um colaborador incorrer na prática do ilícito, a empresa como um todo será responsabilizada”, afirma Vianna.

Ele inclusive fala sobre o “Triângulo da fraude”, ou seja, quais os motivos que levam uma pessoa a cometer esse desvio.

Pressão: força financeira ou emocional que encoraja a fraude;

Oportunidade: habilidade para executar o plano sem consequências;

Racionalização: justificação pessoal para ações desonestas;

Após todos os dados apresentados, Marcelo Vianna explica que todo programa de compliance tem que ser customizado e adaptado a cada realidade empresarial, mas cita alguns item básicos para que um programa de compliance possa ser minimamente efetivo no compliance, são eles: Comprometimento e apoio da alta direção, Instância responsável, Análise de perfil e riscos, Políticas e procedimentos, Comunicação e treinamento periódicos e Monitoramento contínuo.

A Connectmix, uma empresa que preza pelas normas de compliance, ética e transparência está presente no evento através do seu CCO, Jair Demarco.

Veja mais notícias relacionadas:
Effecti Experience movimenta a capital catarinense ...
30 de agosto de 2019.

ECompreenda o poder da tecnologia em transformar e simplificar o mundo com ética e transparência Encerra hoje, em Florianópolis, no Costão do Santinho, o Effecti Experience, um evento de imersão […]

Eficácia na distribuição de uma campanha Publicitária ...
10 de junho de 2019.

Em algum momento você já parou para pensar quantas horas de trabalho foram dedicadas naquele comercial de TV ou spot tocado na rádio que você escuta? Provavelmente não, até porque […]

Credibilidade: O rádio e a TV como veículos de visibilidade das marc ...
20 de maio de 2019.

O diferencial de uma marca está na forma como ela impacta seu público-alvo. Atualmente com tantos formatos de mídia, qualquer um pode divulgar seu material de trabalho ou determinado produto […]

Fraudes Digitais na publicidade: Onde e como evitar? ...
5 de abril de 2019.

Pesquisas apontam que esse tipo de crime irá ultrapassar os U$$ 50 bilhões até 2025. As tecnologias  de  ponta direcionadas ao mundo virtual estão cada dia mais aprimoradas, tanto com […]

5 coisas que todo o cliente espera de uma agência de publicidade ...
14 de março de 2019.

Para manter um cliente, as agências de publicidade devem, além de produzir campanhas super criativas, estar atentas a outros fatores fundamentais para proporcionar uma maior satisfação do cliente e, consequentemente, […]

Mais transparência em 2019 ...
12 de março de 2019.

JPouco depois de assumir o governo, o presidente Jair Bolsonaro já citou a publicidade do governo como um dos alvos de sua administração. Ele mencionou a transparência, o “BV” e […]